sexta-feira, 11 de maio de 2018

Capoeira é oficializada como atividade extracurricular em Curitiba

A capoeira oficializa um espaço que já promove a muito tempo o desenvolvimento da cultura afro-brasileira. Parabéns Mestre Pop, a capoeira toda ganha com essa conquista. 

Com 21 votos favoráveis, nesta segunda-feira (7), foi aprovado pela Câmara de Curitiba projeto que reconhece a capoeira como atividade extracurricular dentro da rede municipal de educação. A proposta de lei é do vereador Mestre Pop (PSC) e cria critérios para a realização da prática cultural no contra turno, combinando o esporte ao aprendizado da história da capoeira (005.00143.2017). “Capoeira é arte, cultura, luta, esporte e saúde”, afirmou o autor, ao argumentar a favor da iniciativa durante o debate do projeto (www.bemparana.com.br).

A capoeira ganhando um espaço oficial dentro das escolas de Curitiba, assim terá uma maior promoção e valorização dela como uma atividade extracurricular que pode desenvolver uma outra realidade dessa cultura do povo negro dentro das instituições escolares. Pois, uma formalização como está só promove e enriquece a capoeira. 


Destaco algumas falas do Mestre Pop, responsável por essa conquista:

“O Paraná tem 30% de afrodescendentes, logo precisamos trabalhar dentro das escolas municipais de Curitiba a cultura afro-brasileira. Não tem como ensinar a capoeira sem falar da escravidão”, justificou Pop. Ele explicou que a capoeira, nas crianças, ajuda no desenvolvimento da consciência corporal, da musicalidade, da disciplina e do aprendizado da história. “O conhecimento da cultura afro-brasileira é fundamental para a formação do cidadão. Esse país foi construído pelo povo negro, pela mão escrava”, acrescentou.

Mestre Pop deu ênfase no aspecto de seu projeto que, quando as escolas não dispuserem de espaço adequado para a prática da capoeira, a atividade extracurricular poderia ser substituída por distribuição de cartilhas e pela realização de exposições. Com quatro artigos, a proposta estabelece que, nas escolas em que for feita a opção de formalizar esse entendimento, deverá ser firmado convênio sem ônus para o Município, com “grupos filiados à Federação Paranaense da Capoeira”. 

Fonte: 
https://www.bemparana.com.br/noticia/capoeira-e-oficializada-como-atividade-extracurricular-em-curitiba#.
www.capoeira.gov.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário